O que é o ibuprofeno – Quando tomar e quando não tomar? Posologia

Um dos remédios mais tomados pelos brasileiros e mais comprado nas farmácias, é sem dúvidas, o Ibuprofeno, uma droga considerada da classe dos anti-inflamatórios, indicado para casos de dor com origem inflamatória, artrites, dores traumáticas, inflamações dentárias e tantas outras causas.

Quando usar ibuprofeno – Indicações

As principais doenças que são indicadas esse remédio são:

  • Atrite reumatoide
  • Dismenorreia
  • Ácido Úrico
  • Amigdalites
  • Febre
  • Enxaqueca ou dores de cabeça
  • Inflamação no rim
  • Dores de dentes
  • Distenções nos músculos
  • Lombalgia e dores nas costas.

Reações adversas

  • Queimação no estômago
  • Náuseas
  • Azia
  • Tonturas
  • Visão Turva
  • Retenção de líquidos
  • Ouvir zumbidos
  • Prisão de ventre
  • Acúmulo de gases
  • Coceiras

Os sintomas gerados pelo Ibuprofeno que mais causam complicações são a úlcera péptica e a insuficiência renal, que acabam surgindo devido ao uso em excesso ou tempo prolongado demais do uso do medicamento. Complicações cardiovasculares também ficam mais propicias para pessoas que usam em demasia remédios.

Fique atento caso você tenha alguma alergia relacionada com algum ingrediente que contenha na bula do remédio, procure seu médico antes de iniciar o tratamento, talvez não seja o remédio correto para o seu caso ou doença.

O uso de medicamentos não indicados pelo médico são causadores de doenças desnecessárias, é sempre preciso consultar o médico e ver quais são os riscos que qualquer remédio pode apresentar para o seu corpo.

Consulte a bula antes de ingerir, tome na quantidade correta indicada, nos horários corretos e não interrompa o tratamento por conta própria, isso pode causar danos irremediáveis para a sua saúde.

Caso ainda tenha dúvidas quanto ao remédio, converse com um farmacêutico ou alguém que entenda do assunto, afinal, quando tratamos da nossa saúde, o assunto é sério e não deve ser ignorado.

Quando não usar Ibuprofeno

 

Este remédio é contraindicado para mulheres grávida e lactantes, além disso também seu uso é feito de forma equivocada em alguns situações específicas.

No caso de febre, por exemplo, deve-se usar o ibuprofeno para aliviar a dor e possíveis inflamações. No entanto, em conjunto com remédios que tenham ação anti-térmica. Não se deve misturar o ibuprofeno com o paracetamol ou outras medicações, pois poderá aumentar a chance de efeitos colaterais.

Como este remédio é um antinflamatório, é comum que nestas situações apareça elevação da temperatura corporal. Antes de fazer o uso de qualquer medicamento é indicado pelos médicos verificar se há febre – veja no seguinte link como saber se está com febre.

As contraindicações também servem para pessoas que se enquadram nas seguintes situações de saúde:

  • Quem possui hipertensão arterial ou problemas de entupimento de veias
  • Sangramento pós cirurgico
  • Doenças hepáticas
  • Gastrite ou úlcera
  • Grávidas ou mulheres que estão amamentando

Pessoas contaminadas pelo vírus da zika, febre amarela ou dengue também não devem usar este medicamento. Deve-se também, conferir na bula oficial em pdf  liberada pela Anvisa com quais remédios ele não deve ser misturado.

Alguns exemplos são fluoxetina e antibióticos como a amoxicilina e outros. Anti-hipertensivos também podem ser perigosos, de acordo com as instruções de interações medicamentosas do Ibuprofeno liberado por diferentes laboratórios farmacêuticos.

Como tomar?

Deve-se usar 400 mg a 800 mg a cada 6 hortas, de acordo com a indicação médica. A dosagem máxima é de 2.400 mg diárias. O remédio pode ser comprado em qualquer rede farmacêutica sem necessidade de prescrição.