Todos os posts de rede

Campeões brasileiros que já jogaram a série C

A terceira divisão do Brasileirão é um dos campeonatos mais charmosos e equilibrados do futebol nacional. Enquanto na série A nós sempre vemos os mesmos times se destacarem, a série C sempre reserva algumas surpresas. Entre essas surpresas, podemos destacar até mesmo campeões brasileiros que já jogaram a série C, e você vai conhecer agora quem são esses clubes.

FLUMINENSE (1999)

A famosa participação do tetracampeão brasileiro Fluminense na série C aconteceu em 1999, após dois rebaixamentos seguidos do clube carioca. Em 1997, o Tricolor passou por uma crise que o levando a um inédito rebaixamento para a série B.

Aquele parecia o pior momento da história do clube, mas o Fluminense conseguiu fazer uma das piores campanhas entre as 24 equipes que disputavam o torneio e foi rebaixado para a terceira divisão do futebol brasileiro.

Na série C, terminou a primeira fase em segundo lugar no seu grupo, atrás do Serra (ES). Mas o Fluminense melhorou nas fases seguintes e acabou campeão da série C de 1999, sendo promovido diretamente para primeira divisão numa virada de mesa que resultou na Copa João Havelange de 2000.

BAHIA (2006 e 2007)

O Bahia é o primeiro campeão brasileiro da história, vencendo o Santos de Pelé em 1959. Em 1988 o Tricolor conquistou seu segundo título brasileiro, e hoje é o único time nordestino a ser bicampeão nacional.

Mas no início dos anos 2000 o Bahia passou por uma fase complicada, e após cair para a série C em 2005 – junto do rival Vitória –, passou dois anos seguidos na terceira divisão do Brasileirão.

GUARANI (2007, 2008, 2013, 2014, 2015 e 2016)

Até hoje o Guarani é o único clube de cidade de interior a ser campeão brasileiro. O título aconteceu em 1978 e quase se repetiu em 1986 e 1987, quando o clube foi vice-campeão.

Mas os últimos anos têm sido complicados para Bugre. Longe da primeira divisão nacional desde 2010, o Guarani disputou a série C seis vezes nos últimos 13 anos, sendo quatro delas de maneira consecutiva.

Quem são os maiores vencedores da série B?

A segunda divisão do Brasileirão tem um histórico bastante democrático e equilibrado. Ao todo, 32 clubes de 12 estados diferentes já venceram a série B – alguns bem alternativos. E enquanto a primeira divisão tem clubes multicampeões, os maiores vencedores dos jogos da série B têm apenas dois títulos cada.

Conheça agora quem são os sete clubes que venceram a série B mais de uma vez.

AMÉRICA MINEIRO (1997 e 2017)

O Coelho é um dos três clubes que mais participaram da série B na história do torneio. Entre as campanhas vitoriosas do América, destaque para o título de 2017, quando deixou o Internacional com o vice-campeonato.

BRAGANTINO (1989 e 2019)

O atual campeão da série B promete surpreender no Brasileirão com a parceria com a Red Bull. O que não seria inédito, já que o Bragantino foi vice-campeão brasileiro em 1991.

CORITIBA (2007 e 2010)

Campeão brasileiro em 1985, ultimamente o Coxa vem passando por fases instáveis, e venceu a série B duas vezes num intervalo de quatro anos.

GOIÁS (1999 e 2012)

O maior campeão goiano e clube mais vencedor da região Centro-Oeste é também o único da região a ser bicampeão da série B.

PALMEIRAS (2003 e 2013)

Maior campeão brasileiro com 10 títulos, o Palmeiras também sofreu duas quedas para série B em 10 anos e voltou campeão em ambas.

PARANÁ (1992 e 2000)

Criado em 1989, o Tricolor paranaense venceu a série B antes de completar 3 anos de idade. Em 2000 conquistou o Módulo Amarelo da Copa João Havelange, o que correspondia à segunda divisão do campeonato.

PAYSANDU (1991 e 2001)

O Papão da Curuzu foi uma das maiores surpresas do futebol brasileiro nos anos 2000. O título da série B de 2001 garantiu ao clube uma vaga na Copa dos Campeões de 2002, torneio que o Paysandu também venceu e assim se classificou para a Libertadores do ano seguinte, quando derrotou o Boca Juniors em plena La Bombonera.

Como remover vírus do Iphone em 3 passos simples sem antivírus

A eliminação de vírus no iPhone é um pouco mais simples, já que o vírus ou malware não podem ser colocados no iOS. Esta é a razão por que a maioria dos hackers procuram os kits de desenvolvedor de software, que posteriormente são utilizados para a criação de aplicativos. Entretanto, mesmo assim pode ser feito o download de antivírus grátis para ajudar a verificar ameaças virtuais online ou em redes sociais, na qual o sistema não consegue proteger.

Se você suspeitar que uma aplicação em particular pode estar implicada (talvez seus problemas começaram após baixá-lo, ou o está redirecionando a determinadas páginas da web, ou para a App Store sem a sua permissão), você pode tentar desinstalar e ver se isso resolve o problema.  Abaixo, segue o passo a passo básico do que fazer:

1. Limpar o histórico e os dados

Isto deve ajudá-lo se você tiver a presença de janelas de pop-up ou de mensagens de “Erro” no seu navegador Safari. Simplesmente, vá para Configurações e navegue para baixo até a aba Safari. Mais tarde, toque em Limpar histórico e dados de sites da web.

2. Desligue e reinicie o seu iPhone

Não tem nenhum segredo oculto: apenas mantenha pressionado o botão liga / desliga do iPhone, aguarde que o controle deslizante “”Deslizar para desligar”” e levar a cabo esta ação para desligá-lo. Para reiniciar o seu telefone, mantenha pressionado o botão de ligar mais uma vez e aguarde até que apareça o logótipo da Apple. Se, nós estamos sugerindo o velho truque de “desligue e ligue de novo”. Acredite, funciona!

3. Restaurar o telefone ou resetar segurança do sistema

Se os métodos anteriores não resolverem o problema, tente restaurar seu telefone a partir de uma cópia de segurança anterior (de repente começou a ter mais apreço por aqueles constantes lembretes do tipo “faça uma cópia de backup de seu telefone”, não é?). Se a sua cópia de segurança mais recente não está livre de malware, você pode testar as cópias de segurança anteriores, até que encontre uma que esteja.4. Restaurar como novo dispositivo
Este é um cenário de último recurso, mas se tudo acima falhar, você pode apagar completamente o seu dispositivo e começar de novo. Para fazer isso, vá para Configurações >> Geral >> Repor >> Apagar todo o conteúdo e Ajustes. E, deste modo, pode ressurgir das cinzas, como bom ave fénix, à prova de fogo que é.

Instalação de aplicativos fora da Play Store ou Apple Store é maior entrada para malwares

O download de um aplicativo malicioso é a forma mais comum de que o malware para Android chegue ao seu dispositivo. Uma vez lá, você pode executar uma quantidade de ações nefastas que podem colocar em risco a sua segurança on-line.

Um malware para Android mais comum visto nos últimos anos é Hummingbad. Detectado pela primeira vez em 2016, Hummingbad se espalhou inicialmente através de lojas de aplicativos de terceiros, mas, finalmente, chegou à Google Play Store. Seu principal objetivo era fazer com que os usuários fizessem clique em anúncios falsos para a web e dispositivos móveis, com a intenção de gerar receita para a empresa de publicidade da china que se escondia por trás do ataque, Yingmob.

Como o Malware danifica o celular?

O malware também instalou rootkits, dando aos hackers o controle total sobre os dispositivos infectados, e permitindo-lhes fazer download de aplicativos maliciosos no dispositivo sem consentimento do proprietário. Outras aplicações falsas, como jogos, causaram estragos semelhantes; como Finger Hockey para o Android, que roubou aos hackers informações confidenciais.

E embora o malware para iOS é muito mais difícil de encontrar, não é inexistente. Em 2015, uma estirpe de malware para iOS conhecida como KeyRaider tomou-se como objetivo para os dispositivos iOS com jailbreak.

A maior notoriedade de KeyRaider ocorreu pelo fato de roubar dados de usuários de mais de 225 000 contas da Apple, incluindo nomes de usuário, senhas e informações de compra, bem como porque deshabilitaba as funções de desbloqueio para iPhone e iPad. Ainda pior, KeyRaider codificou os dispositivos de alguns usuários e exigiu um resgate para desbloqueá-lo (o que também é conhecido como ransomware).

Aplicativos para transporte do Brasil para além do Uber – Quais as melhores opções?

Apesar do Uber ter se consolidado como praticamente a opção número um de quase todas as viagens feitas por motoristas de aplicativos de carona,  tem outras opções em cidades específicas – algumas até que atendem a regiões onde nem mesmo a Uber ou 99 Pop Chegaram.  O aplicativo Brazil GO, do Espírito Santo, por exemplo, é a prova disso. Mas ele não é o único.

Veja aqui opções de aplicativos de transporte brasileiros para usar na sua cidade.

1. Brazil GO

O Brazil GO é um aplicativo de carona do Espírito Santo que permite adicionar dinheiro por meio de transferências que ficam armazenadas no app, assim o cliente pode fazer viagens sem nem precisar movimentar dinheiro ou usar o cartão de crédito.

O Brazil GO ainda no final do ano passado o Poder Executivo Estadual garantiu que a prestação de serviços fosse autorizada em todo o Estado para conseguir manter as atividades com os motoristas parceiros e passageiros.

2. De Caronas

 

Para quem é mais familiarizado com o conceito de carona, diferente do que se tornou o comércio das caronas do Uber, o De Caronas é uma opção nativa do Brasil que pode interessar.  Com ele,  o valor pode ser negociado entre ambas as partes de acordo com a disponibilidade. Entretanto, os recursos de atendimento em caso de algo der errado são mais escassos.

3. Zumpy

O Zumpy foi lançado em 2015 também no Brasil. Com ele o usuário pode adicionar filtros de segurança para deixar a rota mais visível e de acordo com que queira. Além disso, por meio dos recursos é possível trocar os créditos por combustível ou outros benefícios.

O software está disponível para download tanto em dispositivos Android como iOS em todas as regiões do Brasil.

4. Bla Bla Car

A empresa é mais funcional para longas distâncias, como viagens internacionais ou interestaduais. O app conecta quem está indo com quem quer ir para algum destino, podendo combinar o valor, ponto do encontro e assegurar a segurança do recebimento de ambos os envolvidos nessa carona.

 

5 aplicativos que o brasileiro já não sabe mais viver sem

Tem alguns aplicativos que melhoram a vida em 100% e esses daqui são aqueles que se tornaram mais indispensável ente os brasileiros, usados todos os dias para serviços imprescindíveis.

99 táxis

É um dos maiores aplicativos de e-saudação no Brasil e foi projetado com o objetivo de transformar a vida dos passageiros modernos. Com algumas escutas na tela do smartphone, pode-se facilmente contactar qualquer táxi em questão de minutos e pagar a viagem diretamente através do aplicativo. Os motoristas são rigorosamente digitalizados e processados antes de serem nomeados com a responsabilidade de levar os pilotos em segurança de seus locais e deixá-los em seus destinos pré-decididos. A taxa estimada é oferecida mesmo antes de reservar o passeio, que é acessível quando comparado com a taxa de mercado. Um aplicativo fácil de usar que também alimenta Cupons e descontos de tempos em tempos.

Uber

Este é definitivamente o aplicativo de táxi móvel mais popular, que está sempre pronto para atender os passageiros a pedido instantaneamente. A Uber já ganhou fama mundial por seus anos de serviço em deixar e escolher passageiros de e para seus locais. Até se aventuraram noutros sectores a tirar gradualmente os maiores benefícios do sector dos serviços a pedido.

Apontador

Mais um aplicativo de viagens e Turismo projetado para amantes Android. Os turistas podem facilmente escanear através das listas para procurar locais próximos e fazer reserva de hotel/restaurante. A lista é bastante longa, com taxas variadas adaptadas a qualquer restrição orçamental. Lugares como cinemas, restaurantes, hotéis, academias de ginástica, bancos, bares e discotecas, parques, teatro, bibliotecas e museus, caixas eletrônicos, pizzarias, hambúrgueres, snack-bares, clubes, diversões, escolas, faculdades, farmácias e drogarias, hospitais e centros de saúde, pousadas, parques de estacionamento, pontos de taxi, ônibus, metrôs, trens, postos de gasolina, lojas de animais de estimação, shoppings etc. estão todos aqui listados para utilizadores e visitantes pela primeira vez.

iFood

Este aplicativo de entrega de alimentos GRÁTIS é popular entre 20 cidades brasileiras especificamente projetadas para usuários de smartphones Android, iOS e Windows. Os aplicativos de entrega de alimentos vieram como um descanso para os hóspedes que esperam longas horas para obter um lugar em seus restaurantes mais escolhidos durante as horas de ponta mais perda de minutos para a ordem de ser tomada e comida servida. Agora, as mesmas listas podem ser facilmente digitalizadas no aplicativo smartphone em diferentes restaurantes e fazer encomendas instantaneamente para que ele seja entregue diretamente à sua porta.

Nubank

O Brasil tem seu próprio conjunto de Serviços Financeiros e bancários exclusivos de suas terras. O aplicativo de suporte é projetado para tanto Android como usuários iOS. Quando a digitalização está praticamente em tendência, os bancos e os serviços financeiros devem concentrar-se mais nos aplicativos para oferecer uma abordagem conveniente à banca e ao intercâmbio monetário. O NuBank é simples e fácil de usar, mesmo para a geração não-tecnológica experiente.

Biografia resumida de Chico Buarque de Holanda

Chico Buarque está firmemente identificado como uma das primeiras estrelas da música popular brasileira e um músico muito amado em todo o país. Ao ler a biografia resumida de Chico Buarque basta para compreender o quão completo é esse artista que tem a cara do Brasil.

Na década de setenta, ele subiu ao estrelato através de uma produção de hits que vão desde Bossa Nova, MPB (música popular brasileira) e Samba. Seu estilo musical tem tons de caloroso, lírico jazz e, ao lado de sua composição, ele também foi um escritor e continua a ser uma figura popular no Brasil, principalmente em tempos de agitação politico.

Buarque nasceu em uma família proeminente em 1944 e passou sua juventude entre o Brasil e a Europa antes de começar a estudar arquitetura na Universidade de São Paulo. Ao longo deste tempo, o cantor desenvolveu um amor pelos estilos de João Gilberto, e a semente da bossa nova foi plantada.

Iniciando no mundo da música

Sua estreia musical ocorreu em 1964 e, aos 21 anos de idade, sua carreira musical começou a florescer depois que a estrela bossa nova Nara Leão gravou três das composições de Buarque. Ao longo de sua carreira, apesar de continuar a crescer em popularidade, seu estilo musical também foi recebido com críticas de outros músicos que viram suas canções como muito conservadoras.

A opinião pública sobre ele teve uma reviravolta política quando, em 1968, ele produziu um roteiro para uma produção teatral existencial chamada Roda Viva. A peça radical, que se concentrou na questão da fama e “fandom” e viu o protagonista rasgado em pedaços e alimentado ao público, em uma poderosa crítica da obsessão e da batalha entre uma estrela e seus seguidores.

Ao mesmo tempo, o clima político do Brasil foi atormentado por uma ditadura militar autoritária que foi vista por muitos como repressiva, nacionalista e enfrentou fortes críticos, que seriam sujeitos a tortura, desaparecimentos e liberdade de expressão restrita.

>> BIOGRAFIA DE MILTON NASCIMENTO <<

Sucesso infinito

Até agora, o músico tinha sido capaz de evitar a censura de suas canções, mudando as letras e usando o jogo de palavras para esconder o verdadeiro significado de sua música. No entanto, em meio a um clima político tumultuoso, o roteiro de Buarque foi destacado por seu discurso político e, como resultado, os soldados foram ordenados a destruir o cenário e causar disfunção das performances antes de Buarque ser preso.

Ele era agora um compositor, um letrista, um ativista político, crítico vocal do governo brasileiro e um dramaturgo. Em resumo, um artista contemporâneo.

Tendo fugido para a Itália por um ano, o músico voltou a um clima brasileiro onde a maioria dos outros artistas e rostos proeminentes tinham sido sujeitos a censura e exílio. Como resultado, sua nova música possuía uma maior intensidade política e elementos mais fortes de protesto social que eram, mais frequentemente do que não, rejeitados pelos censores políticos. De acordo com uma biografia, a severidade do silenciamento político foi tão potente que entre 1974 e 1975, praticamente nenhuma de suas canções foram aprovadas.

Envolvimentos políticos

O governo militar começou a mudar para a democracia sob o Controle do Presidente João Figueiredo, e considera-se que a turbulência política chegou ao fim quando José Sarney se tornou presidente em 1985. No entanto, durante todo o período opressivo, Buarque se posicionou firmemente como uma voz para a esfera criativa e dissidentes militares do Brasil, além de expor o controle militar exercido sobre o teatro.

O que se seguiu foi a liberdade do músico de fazer uma turnê, e o lançamento de uma infinidade de canções altamente conceituadas que asseguraram seu lugar como um dos cantores mais populares do Brasil. Além de um letrista, ele continuou a escrever roteiros e novelas e foi nomeado para o prêmio de Literatura de São Paulo em 2010, após o que seguiu seu primeiro romance completo Leite Derramado (2011). Seus melhores trabalhos dentro da música nesta época também foram considerados Carioca (lançado em 2006) e Para Todos (1993).

Embora tenha sido sugerido que ele tenha lutado um pouco com sua popularidade aumentada, Chico Buarque continua a ser uma figura popular na cultura brasileira, tanto por suas mensagens políticas vocais e por sua maravilhosa abordagem à bossa nova e samba.

Milton Nascimento: um tipo diferente de voz brasileira

Milton Nascimento nasceu no Rio de Janeiro em 1942. Ele foi adotado por pais brancos, que se mudaram para Três Pontas, uma pequena cidade no Estado de Minas Gerais, um lugar distante do que a maioria das pessoas associam ao país. Mas o Brasil é um vasto, similar em escala aos Estados Unidos. E como os EUA, suas várias regiões são caracterizadas por diferentes estilos musicais.

O nome “Minas Gerais “significa” Minas Gerais”; foi onde toda a mineração de gema ocorreu nos anos 1800 e 1900. a descoberta e a consequente corrida ao ouro em 1693 trouxe consigo um enorme afluxo de Prospectores e oportunistas que procuram lucro. O Brasil estava então sob domínio colonial, e os portugueses empregavam mão-de-obra escrava para construir as estradas e cavar as minas. De fato, tantos escravos foram trazidos que, em 1750, Minas tinha crescido a um ponto em que sua população excedia a da cidade de Nova Iorque.

A riqueza recém-descoberta estabeleceu uma sólida classe média e alta em Minas, repleta de arquitetura colonial, fontes europeias, espaços públicos e outros grandes símbolos de riqueza. No entanto, uma vez que as minas foram esgotadas e a escravidão abolida em 1888, o outrora próspero Minas foi reduzido a uma mera cidade fantasma.

Penso nisto sempre que ouço a música do Milton. Tive a sorte de visitar o seu estado natal durante uma viagem ao Brasil em 1990. À medida que o nosso avião descia do Rio para Belo Horizonte, fiquei impressionado com a forma como a sua paisagem montanhosa estava em contraste com a costa e as praias de baixo. Até o ar era diferente em Minas. Estando tão distante de tudo o resto, senti de alguma forma um vasto vazio lá.

No capítulo sobre Milton em meu livro, Rhythm Planet: The Great World Music Makers, eu escrevi: “ouvir o falsete dolorosamente puro de Nascimento foi como ver uma estrela cadente através do céu. Suas baladas alegres ecoam os sentimentos de milhões de brasileiros.”Em Minas, as cidades são separadas umas das outras por montanhas e grandes extensões de terra estéril. A música nascida lá está longe dos despreocupados sambas felizes dos cariocas no Rio. Os vocais e a música melancólicos de Milton refletem a sua paisagem solitária.

Na música de Milton, encontramos uma rica mistura de elementos como fado português, Música Andina, clássica, jazz e até mesmo canto gregoriano. Quando criança, Milton foi exposto a influências iniciais como Nat King Cole e Ray Charles porque seu pai trabalhou em uma estação de rádio em Três Pontas, na parte sul de Minas.

Mais tarde, ele ouviu a voz suave e gentil de um jovem João Gilberto, que mudaria para sempre o som da bossa nova. Aos 15 anos, o próprio Milton trabalhou como DJ na estação, girando sambas, foxtrots, música clássica e jazz. Daí o ecletismo que ouvimos na sua música.

Milton começou sua carreira em 1972, tocando ao lado do Clube da Esquina, um grupo de músicos locais que incluía o cantor e compositor Lô Borges, o guitarrista Toninho Horta( que se tornou uma grande influência sobre Pat Metheny), O pianista Wagner Tiso, Ronaldo Bastos e o cantor Flavio Venturini.

O seu álbum de estreia de 1972, O Clube da Esquina, é um trabalho brilhante.

Como muitos compositores brasileiros (e compositores americanos de música popular), o trabalho de Milton consiste principalmente de colaborações com um letrista talentoso.

Fernando Brant (n. 1946-2015) escreveu a letra para mais de 200 canções. Brant era um amigo próximo que também cresceu em Minas. Sua canção mais famosa, “Travessia”, que significa” Bridges”, apareceu no Courage, o álbum da CTI de 1968.

A música de Milton Nascimento é incrivelmente única e diferente de muitos outros artistas brasileiros. Se você ainda não tem seus trabalhos em sua biblioteca de música, eu recomendo ouvir o Clube da Esquina (1972), Minas (1975), Sentinela (1980), e Milton (com Herbie Hancock, 1989). Você também pode jogá-los em Spotify ou marés.

Divergências no Imposto de Renda 2019

A Secretaria da Receita Federal informou no dia 19/10 que está notificando em torno de 330 mil contribuintes com “resquícios de incoerências” no Imposto de Renda Pessoa Física 2019 (ano-base 2018) a analisarem suas alegações. Ou seja, esses indivíduos foram freados na malha fina.

A notificação aborda uma ação com o objetivo de incentivar os contribuintes a analisarem o processamento de suas Declarações de Ajuste Anual do Imposto sobre a Renda da Pessoa Física (DIRPF) e que consigam corrigir, caso seja constatado erro nos dados declarados ao Fisco.

O aviso está sendo realizado através do envio de cartas aos contribuintes. O órgão declarou também que, a princípio, essas pessoas não estão sendo autuadas, provocando o lançamento de multas.

No entanto, a secretaria anunciou que, caso o contribuinte não use a chance de regularização, poderá ser intimado solenemente para esclarecer sobre as discrepâncias encontradas.

Depois da intimação recebida, não será mais permitido realizar qualquer acerto na declaração e qualquer determinação de imposto pelo Fisco será acompanhada de multa de ofício de, pelo menos, 75% do imposto que não foi quitado pelo contribuinte.

O que fazer

O cidadão que receber uma notificação da Receita Federal deve se informar sobre sua situação em relação à declaração do Imposto de Renda 2019 no site do governo destinado ao Fisco, no serviço “Extrato da DIRPF”, usando código de entrada ou certificado digital.

Para isso, é necessário criar um código de acesso, utilizando:

  • A numeração do CPF;
  • Recibos de entrega das últimas duas declarações;
  • Data de nascimento.

A declaração presa na malha fina demonstra sempre uma mensagem de “pendência”. Em conjunto com a pendência, são passadas informações de como agir quando ocorrer erro na declaração apresentada. Nessa situação, o contribuinte deve enviar uma declaração retificadora do Imposto de Renda e recolher os devidos valores.

Caso discorde da verificação do Fisco, o contribuinte pode esperar ser convocado pela fiscalização, ou ainda, agendar um atendimento presencial nas dependências da Receita Federal, e mostrar a documentação que prova sua posição.

Precisam declarar Imposto de Renda, pessoas que:

  • Receberam rendimentos tributáveis no ano anterior cuja soma ultrapassa a R$ 28.559,70 (ou R$ 142.798,50, caso seja receita bruta de atividade rural);

 

  • Receberam rendimentos isentos, não tributáveis ou tributados apenas na fonte, numa quantia maior a R$ 40.000,00;

 

  • Tiveram a posse ou retenção, em 31/12/18, de direitos e bens numa quantia superior a R$ 300.000,00;

 

  • Passou à categoria de residente no Brasil e assim se encontrava em 31/12/18;

 

  • Escolheu pela isenção de imposto sobre o lucro na venda de imóvel residencial para a aquisição de outro no período de 180 dias.

O prazo para a entrega foi até 30 de abril.

A Receita Federal está pagando em outubro as restituições do quinto lote do Imposto de Renda 2019. O lote inclui também restituições de anos anteriores que estavam em situação de malha fina e foram corrigidas.

Portanto, contribuintes que recebem qualquer notificação do Fisco podem se preparar e informar dados corretos, a fim de que tudo se regularize. O pagamento é realizado na conta bancária indicada pelo indivíduo no ato da inscrição. Estima-se que 2.703.715 contribuintes recebam R$ 3,5 bilhões.

Quais são as alíquotas para pessoas físicas? Veja como é feita a taxação

Os indivíduos no Brasil estão sujeitos a uma série de impostos, incluindo impostos sobre o rendimento das pessoas singulares, impostos sobre a segurança social e impostos sobre doações e Sucessões. Não há imposto de renda local ou estatal para os indivíduos.

Entre os mais caros estão o IPVA para quem tem um veículo registrado em seu nome e o Imposto de Renda que incide sobre o salário do contribuinte. Em impostoderenda2019.blog.br pode-se averiguar as cotas e o passo a passo de como fazer a declaração para a Receita Federal online.

Abaixo, segue os guias dos principais impostos incidentes para além do imposto de renda.

Imposto por residência

Os seguintes indivíduos são considerados residentes para efeitos fiscais: (1) um indivíduo que reside permanentemente no país; (2) naturalizados os estrangeiros; (3) os estrangeiros portadores de visto permanente ou visto temporário com contrato de trabalho, a partir da data da chegada; e (4) os estrangeiros portadores de visto temporário, mas nenhum local do contrato de trabalho, após a conclusão 183 dias (se é ou não consecutivos) de física de residência no Brasil, em qualquer período de 12 meses.

Rendimentos e taxas tributáveis

Os residentes são tributados sobre o rendimento mundial, com um crédito fiscal estrangeiro para impostos pagos no País de origem (sujeito a um tratado fiscal aplicável ou reciprocidade bilateral). Os não residentes são tributados sobre os rendimentos de origem brasileira. A fonte de renda é determinada pela localização do ordenante, independentemente de onde o trabalho é realizado.

Lucro

Os residentes são tributados pelo seu rendimento bruto, que inclui os rendimentos nacionais e de origem estrangeira, com um crédito estrangeiro para impostos pagos no estrangeiro (sujeito a um tratado fiscal aplicável ou reciprocidade bilateral). É importante mencionar que o crédito do imposto estrangeiro é apenas sobre o rendimento de origem estrangeira).

O rendimento bruto é normalmente tributável, quer seja recebido em dinheiro ou em espécie. O rendimento tributável inclui ordenados, salários, bônus, benefícios marginais, honorários e comissões de consultoria, prêmios, comissões de Diretores e juros e dividendos de fontes estrangeiras. Inclui também a maioria dos subsídios relacionados com o emprego, incluindo subsídios de habitação e subsídios para férias no domicílio concedidos por um empregador.

Os bônus formais de participação nos lucros pagos por um empregador Brasileiro aos seus empregados estão isentos apenas para efeitos do INSS (imposto de segurança social) e do fundo de indemnização. Para fins de imposto de renda de retenção na fonte, os bônus de participação nos lucros são tributados a taxas progressivas que variam de 0 por cento a 27,5 por cento. Os dividendos recebidos de fontes locais estão isentos de impostos.

Deduções e franquias

Os contribuintes podem deduzir determinadas despesas ao calcular o passivo mensal do imposto sobre o rendimento e outras despesas quando apresentarem a sua declaração anual federal de imposto sobre o rendimento. As deduções permitidas no cálculo do imposto sobre o rendimento mensal incluem o seguinte::

Impostos de segurança social pagos pelo empregado a entidades federais, estaduais ou municipais;

Contribuições para planos de pensões privados brasileiros, até 12 por cento da renda bruta, desde que também sejam feitas contribuições para a segurança social oficial;

Pagamentos de pensão de alimentos ou de pensão de alimentos ao abrigo de uma decisão judicial (aplicam-se limites especiais para a pensão de alimentos paga aos beneficiários residentes no estrangeiro.